Da autoestima do escritor

Um escritor americano mencionado pelo Knausgård escreveu sobre o quarto volume da série Minha luta. Este texto ele revela sua identidade como o escritor que convidou Knausgård, quando de sua viajem aos EUA, para um jantar. Nenhum dos dois soube o que falar, mantiveram um constrangedor silêncio durante toda refeição. Neste texto o americano revela que a razão para nenhum dos dois ter puxado uma conversa leve era uma e a mesma, insegurança de dois sujeitos com baixa autoestima.É curioso como este perfil se repete no campo literário, temo que tal tendência leve a alguma subserviência do escritor em relação aos seu público. 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s